decor | Habemus parede da sala!

by - domingo, setembro 10, 2017


Lembram-se de quando vos mostrei a nossa sala neste post e disse que queríamos criar uma divisória entre o espaço da entrada da casa e o da sala? Fazia-me fazia muita confusão não haver ali nada a separar porque, a quem quer que fosse que eu abrisse a porta, essa pessoa conseguia praticamente ver todo o interior da nossa casa. Faltava privacidade e divisão física dos espaços.

Estávamos em 2014 e, como não era uma das prioridades, eu e o Zé fomos esporadicamente pensando em soluções para pôr em prática a médio-longo prazo, fossem definitivas (parede em tijolo) ou temporárias (estante, parede em pladur, etc). Acabei por falar neste post nas várias ideias que ponderámos até que, neste verão, finalmente decidimo-nos e avançámos com a tão controversa parede da sala!

A ideia final surgiu quando fomos à reabertura de uma loja de decoração e vimos uma parede de madeira que dividia dois espaços e que podia ser movida. Era o que queríamos, até porque esta é a única entrada da casa e precisamos de espaço de manobra caso um dia tenha de entrar um sofá ou algo parecido. O Zé começou a planear a estrutura, foi saber preços e, por uma questão de disponibilidade de materiais, acabámos por optar por uma estrutura em madeira revestida com placas de pladur.

Fiquem a conhecer abaixo a nossa recente parede da sala desde a montagem da estrutura até ao resultado final! 😊


As etapas da construção da parede:

Definimos a altura e largura que queríamos que a parede tivesse (2,25m de largura vs 1,80m de altura). A espessura teria de ser pequena para não nos roubar muito espaço e também para não a tornar demasiado pesada. O Zé preparou a estrutura com barrotes de madeira, que aparafusou uns aos outros com chapas metálicas em forma de L (não sei se estas peças têm um nome mais específico...). Depois foi a vez de aparafusar as placas de pladur à estrutura, erguer a parede (que ficou muito mais pesada do que previmos!), arrastar para o sítio certo e fixar com dois barrotes de madeira, um de cada lado, aparafusados na parede perpendicular. No fundo esta parede nova só está segura por esses barrotes (não queríamos aparafusá-la ao chão) o que permite que, quando for preciso, a desloquemos sem dificuldade (tirando o peso...). Ao contrário do que eu pensava, apesar disso está bem estável!

O resultado final:


Para revestir a parede optámos por usar um papel de parede branco e discreto, que passei uma tarde inteira a aplicar - não fazia ideia que fosse tão demorado e minucioso! O resultado não ficou tão perfeitinho como esperámos porque devíamos ter uniformizado a parede com massa antes de aplicar o papel, no entanto gostamos e só falta aplicar o rodapé.

Agora que temos a parede pronta, não temos dúvida de que esta foi a melhor opção para dividir a entrada da casa da sala! Além de económica (ficou a menos de 100€ no total) pôde ser inteiramente feita por nós, serve bem o propósito, não pesa visualmente e podemos deslocá-la quando for necessário. Graças a ela pudemos reorganizar a nossa sala de forma a torná-la mais ampla, que também era um dos objectivos.

O novo desafio...

Mas vocês sabem o que acontece quando cumprimos um objetivo: surgem logo outros para cumprir! O meu agora é decorar a sala tendo em conta a nova organização que, devido à existência da salamandra, nos impede de usar mais móveis além do da televisão e da mesa de centro porque iriam ficar demasiado próximos dela. Resultado: não tenho onde colocar a maioria dos artigos que comprei para decorar a sala e também não quero uma sala tão minimalista ao ponto de não ter nada a decorar! Já percebi que a solução será aproveitar as paredes, instalando prateleiras, quadros e outros objetos decorativos que possa pendurar. Em relação à mesa de centro tinha idealizado outra coisa mas o Zé quis reaproveitar uma caixa de madeira para servir não só de mesa como também de baú. O problema é que, depois de a vermos no centro da sala, achamos que fica demasiado grande mas, por outro lado, não queremos abdicar dela. Têm alguma sugestão para a integrar na decoração?


Espero nos próximos meses voltar com atualizações sobre a organização e decoração final da nossa "nova" sala! Até lá, o que acham da parede? 😀

Posts relacionados

0 comentários

Obrigada pelo teu comentário ♡
{activa a opção 'Notificar-me' para saberes quando respondi}