DIY | A caixa de madeira trabalhada

14.5.16 SARA SILVA 8 Comments

Há algum tempo que ando rendida a caixas de madeira trabalhada, quer seja para guardar bijutaria ou simplesmente decorar a cómoda (sim, o meu capricho chega a este ponto).
Vejo-as em blogs, no Pinterest, no Etsy e, mais recentemente, vi estas duas belezas na Zara Home Online:
caixa 1 / caixa 2
Estive quase quase para encomendar, depois de passar meia hora a convencer-me que não devia comprar as duas e outra meia hora a decidir qual preferia, até que o meu lado racional despertou e disse: "Vai vê-las na loja". Eu fui, e não imaginam o tamanho desgosto. Pareciam refugo: riscadas, com as dobradiças tortas, mal feitas, com o trabalhado lascado ou partido... até no chinês encontrava caixas destas em melhores condições (e muito mais baratas)
Saí de lá frustrada porque não sabia onde mais encontrar caixas assim. Drama, muito drama, para logo em seguida descobrir um exemplar semelhante numa loja d'O Frade (lojas de utilidades no concelho de Leiria, antigas "lojas dos 300"). Aí a caixa era mais barata (7,50€) mas ainda não era bem o que eu procurava e também não estava perfeita. No corredor ao lado encontrei outra do género (parece que afinal existem ao pontapé...), "em bruto", por 2,50€, e fez-se luz na minha cabeça: e se eu adaptasse a caixa ao meu gosto? Na pior das hipóteses, perdia o dinheiro que tinha dado por ela.
Trouxe-a para casa com as ideias a fervilhar, e nessa mesma semana pus mãos ao trabalho!
a caixa de madeira ainda virgem, à espera de uma nova vida
(o trabalhado é aberto para o interior da caixa, ainda que, por ilusão de óptica, pareça ter um fundo castanho)
Sabia que queria pintá-la de cinza metalizado, para combinar com o tabuleiro dos perfumes, e que iria colar um espelho no interior, para conseguir o efeito de tampa espelhada, tal como a primeira da Zara Home - mas certamente mais bem feita. Ainda planeei e pus em prática uma espécie de divisórias no interior, ao estilo das que fiz para a cómoda Malm, mas não funcionou (bem, "não funcionou" é dizer pouco: eu passei 2 dias a trabalhar nelas para, no momento de as aplicar, se partirem e descobrir que estavam mal feitas, e tive de me controlar para não atirar tudo ao chão, literalmente - o que a TPM faz...).

Do que precisei:

  • Lixa;
  • Tinta acrílica metalizada;
  • Tinta acrílica branca;
  • Pincel;
  • Verniz para decoupage (verniz acrílico também deve funcionar);
  • Espelho cortado à medida
  • Tempo e paciência
A tinta metalizada, o pincel e o verniz já eu tinha; comprei a tinta branca num armazém de produtos para trabalhos manuais (o Armazém Americana na Cruz da Areia, para quem é destes lados) e o espelho numa loja de espelhos (os Espelhos do Liz, perto do Olhalvas Park, mais uma vez para quem é de Leiria e arredores)

O que fiz:

  1. Lixei muito bem a caixa por dentro e por fora, até ficar lisinha (mesmo assim devia ter insistido mais);
  2. Apliquei por fora 3 camadas de tinta metalizada e por dentro 3 de tinta banca, com intervalos entre elas, para garantir que a caixa ficava bem pintada;
  3. Passei uma camada de verniz por dentro e por fora;
  4. Passei-me com a ideia frustrada das divisórias no interior, e estive para desistir de tudo.
  5. Fixei o espelho no interior da tampa (não foi preciso colar, ele estava mesmo à justa, por isso ficou bem preso).
Tirando o pequeno incidente, até foi bem fácil dar vida a esta caixa da madeira e deixá-la como tinha imaginado. Fiquei contente com o resultado final - tanto que até ponderei fazer disto um negócio, mas rapidamente voltei à Terra -, tirando alguns pormenores de pintura um pouco amadores.
como podem ver, colei ainda uma placa de balsa pintada de branco sobre a parte de trás do espelho,
para ficar a combinar com o interior da caixa

Claro que a caixa ainda não tem nada no interior, afinal o meu capricho era ter uma caixa de madeira trabalhada, não alguma coisa para lá pôr dentro #diva 

Fica bem lindinha em cima da cómoda, ao lado do tabuleiro dos perfumes (em breve mostro-vos num room tour)! Agora só falta torná-la útil e, quando me passar a neura, arranjar uma maneira de lhe fazer divisórias do interior - porque a ideia era transformá-la numa caixa para os meus brincos.

Ao todo gastei uns 5€ e, apesar de não ter ficado assim tão mais barata que a de 7,50€ que vi na loja, tem outro simbolismo e está como eu queria! Acho que não há preço que pague fazermos nós próprias as coisas que idealizámos comprar ☺

Posts relacionados

8 comentários:

Adorei, Sarinha, muito gira. Adoro um bom DIY. Se calhar copio. :D

SARA SILVA disse...

estás à vontade, desde que depois me mostres o resultado final :p
beijinhos! :D

Anónimo disse...

Olá!
Está muito gira a caixinha, mas eu acho que devias ter pintado (de branco ou outra cor qualquer mais forte) a parte de cima da tampa (mas por dentro) porque fica-se a ver a cor da madeira refletida no espelho xD

De resto, tá muito gira! :)

Juliana Barros disse...

Adorei a ideia! Tenho que experimentar!
Beijinho

SARA SILVA disse...

tens razão, nota-se um bocado :p fica para uma próxima!
obrigada :)

SARA SILVA disse...

obrigada ♡
fico à espera de ver o resultado final! :)

Inês Brito disse...

Ficou mesmo gira! ❤

Hina Naz disse...

Beautiful. I want this box as jewelry organizer x

♥♥♥
Follower # 1002
Following you dear, waiting for you now :)
Will feel happy to see you on my blog.xx
beautydrugs.blogspot.com

Obrigada pelo teu comentário ♡
{activa a opção 'Notificar-me' para saberes quando respondi}