moda | Uma questão de estilo

by - terça-feira, março 17, 2015

Das infinitas variáveis que dividem este mundo, há uma relacionada com moda que, por vezes, me ocupa o pensamento: para mim há as pessoas que admiram um determinado estilo e assumem-no, e as que admiram um determinado estilo e não o assumem.

Tenho a certeza que, entre vocês que me estão a ler, umas adoptam um estilo que, apesar de diferente da norma, é aquele com que mais se identificam, e outras se sentem mais confortáveis com uma forma de vestir mais consensual, mas sonham com outra. Às primeiras quero expressar a minha grande admiração porque, por enquanto, enquadro-me no segundo grupo.

Eu defendo que todos nós nos deveríamos vestir como mais gostamos, como nos sentimos melhor, porque vestirmo-nos todos de igual não tem graça nenhuma, arruína a individualidade de cada um. É por isso que fico maravilhada quando vejo na rua, sem quaisquer complexos, raparigas que assumem inteiramente um estilo vintage, pin-up, hippie, diva, punk, trashy ou nerd... não quer dizer que aprecie todos, mas sem dúvida que admiro a coragem.

E penso que é disso que se trata: coragem. Porque neste nosso pequeno país sabemos que há muitas mentes fechadas que consideram uma afronta quem se atreve a ser diferente. Mas porquê? Ser diferente não é necessariamente mau e não se deve condenar/julgar nada nem ninguém, sobretudo sem antes conhecer.

No meu mundo ideal eu sairia todos os dias à rua como se visse nos anos 50 (como a menina da fotografia deste post), já aqui o disse várias vezes. Adoro esse estilo ladylike e revejo-me nele, mas não consigo evitar que o meu realismo que traga à terra e me faça ver que não tenho o que é necessário para me assumir dessa forma. E nisto fico a pensar: como é que fazem as raparigas que se vestem de forma diferente? A resposta delas provavelmente será simples: ignorando os olhares e comentários alheios. 

Nesse sentido, além da coragem acho que também é preciso uma certa descontração, no sentido em que as pessoas em questão se estão a lixar para o que os outros pensam ou deixam de pensar, que não se prendem demasiado nos "se" e "mas" e que, enfim, não pensam demasiado: simplesmente fazem! E descontrair é, de facto, algo que tenho dificuldade em fazer.

Será que basta ser corajosa e descontraída ou é preciso ainda alguma coisa? Será que cada um de nós contribui para que no futuro haja maior abertura para estilos diferentes? Será que no futuro não haverá tanto preconceito? Será que eu algum dia terei o que é necessário para assumir a forma de vestir que realmente me fascina? São questões que deixo em aberto para quem quiser responder...

Imagem: pinterest.com

Posts relacionados

17 comentários

  1. Se te queres vestir assim, devias fazê-lo. Liberta-te. Ainda por cima a moda não anda muito distante disso. Estou farta de ver gajas com o cabelo escorrido comprido com micro calções e micro tops. Haja variedade!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. obrigada Indigo! se calhar só preciso mesmo de começar e não desmotivar :)
      ai podes crer! quando é que chega uma moda melhor e mais criativa? :|

      Eliminar
  2. Beautiful outfit!
    Love the bag...
    http://dimplekhadi.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  3. O truque é mesmo não ligar nenhuma ao que os outros pensam ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. também acho que isso é o fundamental! mas nem sempre é fácil :p

      Eliminar
  4. óptimo post! concordo plenamente!
    eu gosto de vários estilos...mas confesso que há uns quantos que admiro mas ainda não tive a dita coragem para usar! admiro imenso as meninas lolitas por exemplo!
    acho que esse estilo anos 50 é mesmo a tua cara! não tenhas medo! ehehe

    beijinhos grandes

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. eu também gosto muito das lolitas, mas não acho esse estilo nada prático para o dia-a-dia :p
      obrigada Tânia! :D
      beijinhos *

      Eliminar
  5. concordo contigo, eu gostava de arriscar mais nos looks, acho que sou um pouco 'boring' na maneira de vestir. admiro pessoas que conseguem conjugar peças com padrões/cores diferentes.
    é realmente difícil ignorar os olhares e comentários das pessoas, mas se gostas realmente, arrisca ;)

    beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Este post podia ter sido escrito por mim <3 O estilo anos 50 é o meu favorito mas infelizmente ainda me incluo mais no segundo grupo. Temos de ter mais coragem, que se lixe o que pensam os outros!! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. é bom saber que te revês no que escrevi!
      é esse o espírito, agora é pô-lo em prática! :D
      beijinhos *

      Eliminar
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  8. excelente post, concordo totalmente contigo!! :)

    ResponderEliminar
  9. Infelizmente damos demasiado valor ao que as outras pessoas possam pensar, como te entendo. Mas olha força e nada de vacilar :)

    Beijinhos,
    Saltos Rosa

    ResponderEliminar

Obrigada pelo teu comentário ♡
{activa a opção 'Notificar-me' para saberes quando respondi}