reflexão | Lei do esforço invertido

by - quarta-feira, outubro 30, 2013

Sabem quando se esforçam muito para conseguir algo? Tanto que quase ficam obcecadas/os e começam a desesperar por não verem esse desejo/objectivo cumprir-se? Então, depois de muito insistir, percebem que o melhor é parar, porque parece que quanto mais tentam, mais se afastam do que querem, e sentem-se esgotadas/os. E então *puff*, esse algo acontece, de um momento para o outro, sem que tenham feito nada.

Quantas vezes já vos aconteceu isso? A mim vezes demais para não pensar no assunto. 
Ao que parece, este "mistério" tem um nome: Lei do Esforço Invertido. Conheci-o a primeira vez neste post da Imperatriz Sissi, e fiquei a saber que não era a única a quem isto parecia acontecer, é algo comum até.

Pesquisei sobre o assunto e o "mistério" porque acontece foi-me desvendado: quando nos concentramos demasiado em algo, emoções menos positivas como a ansiedade e o medo de falhar afastam a possibilidade de as coisas acontecerem, pois fazem com que não estejamos preparadas/os da melhor forma. E é quando relaxamos e deixamos as coisas fluírem naturalmente, que o que tiver de acontecer, acontece.

Eu tenho dificuldade em relaxar. Na maioria das situações quando quero algo, quero-o já, não quero perder tempo, não gosto de ficar na expectativa a ver as coisas acontecerem em câmara lenta - ou não acontecerem de todo - e, sobretudo, gosto de ser eu a controlar o que acontece na minha vida e não deixar as coisas entregues ao Deus dará. E, como seria de esperar, acabo por ficar desapontada por não ver resultados, frutos da minha ansiedade e expectativas desmedidas.
Tempo depois, quando já tinha posto a ideia de parte, o que eu tanto queria, acaba por acontecer. O entusiasmo não é o mesmo como se tivesse conseguido enquanto estava a tentar, mas acabo por dar mais valor pois é algo bom que surge inesperadamente.

Devia lembrar-me mais vezes desta lição, em vez de viver amargurada pelas coisas que, apesar de muito esforço da minha parte, ainda não aconteceram. Ia poupar-me muitas preocupações e angústia e, sobretudo, ia ensinar-me que não posso controlar tudo o que me acontece e que às vezes o melhor é mesmo deixar ir tudo pelo cano abaixo para depois ver o que de bom ainda pode acontecer.

Posts relacionados

3 comentários

  1. Devias ler o livro "O segredo", aborda esta temática que energias positivas atraem o que tu queres c:

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já li e acho que o que é explicado lá faz todo o sentido, no entanto é preciso uma grande treino mental para conseguir afastar os pensamentos negativos e atrair as coisas boas
      beijinhos *

      Eliminar
  2. já me aconteceu.. eu quando quero uma coisa ás vezes quando quero uma coisa faço mesmo os planos a longo prazo.

    ResponderEliminar

Obrigada pelo teu comentário ♡
{activa a opção 'Notificar-me' para saberes quando respondi}