reflexão | Mensagem positiva

by - sexta-feira, setembro 06, 2013

Um dia certa pessoa disse-me que aos 21 anos me ia acontecer algo, de repente, que ia mudar completamente a minha vida. Não questionei, devido ao que essa pessoa representa, e na altura fiquei muito preocupada e só pensava em acidentes de carro, membros partidos e perdas de pessoas que me são próximas. No entanto, ao longo do tempo, apesar de nunca me ter esquecido das palavras que me foram ditas, fui vivendo a minha vida com normalidade, até porque não sabia bem o que elas significava.

Hoje acredito que essa mudança já se deu. 
Muita coisa aconteceu neste verão - quem me conhece bem e quem segue o blog sabe do que falo - e cheguei a sentir-me muito perdida e desamparada. Sabem quando são tingidas com muita força e ficam atordoadas nos primeiros instantes? Eu senti-me assim, mas durante mais do que uns meros minutos. A minha vida deu uma volta de 180º e lidar com isso não estava a ser fácil, principalmente por se tratar de uma consequência das decisões de terceiros. Foi como se essa pessoa tivesse desencadeado uma avalanche, e a única coisa que eu podia fazer era tentar ser atingida o mínimo possível.

Nestas alturas há aspectos que têm um grande peso: o apoio da família, dos amigos, as condições monetárias... mas sem dúvida que o mais importante parte de nós, a forma como encaramos as situações. Tal como em muitos outros momentos da vida, deparamo-nos com dois caminhos: ou ficamos a remoer o passado e os problemas, ou aceitamos o que nos está a acontecer e seguimos em frente. Isto tem mesmo uma grande importância, ao ponto de poder até moldar a nossa personalidade a partir daí.
Claro que nestes momentos nos perguntamos "Porquê eu?" e achamos que somos a pessoa mais prejudicada do mundo inteiro, mas quando começamos a olhar à nossa volta com mais atenção, percebemos que toda a gente tem os seus problemas também, ainda que as suas vidas pareçam perfeitas. Pode parecer maldoso, mas nestes momento sentimo-nos menos mal, percebemos que afinal não estamos "sozinhos na desgraça", que as coisas más não nos acontecem só a nós, que fazem parte do ciclo normal da vida.

Como eu estava a dizer, a forma como encaramos o que nos acontece é essencial. As coisas más não duram para sempre, e a vida só tem brilho se o reconhecermos. É certo que quando nos acontece algo de terrível, as coisas boas não surgem todas logo repentinamente. Nós próprios, apesar de nos ser difícil ver isso, precisamos de tempo para assentar, para avaliar a situação e perceber qual o caminho a seguir. Mas para isso é necessário conseguir olhar em frente, acreditar que as coisas vão melhorar e, sobretudo, fazer por isso! Como se fiz no filme Comer, Orar e Amar, "Como esperas ganhar a lotaria se nem compras o bilhete?" (qualquer coisa assim). Ficar sentado a lamentar e a alimentar pensamentos negativos só nos vai levar ainda mais para o fundo e isso é a última coisa que nós, e as pessoas que gostam de nós, precisam.

Comigo, finalmente, as coisas estão a começar a compor-se! É claro que, se fosse eu a mandar, teria acelerado o "processo" para evitar os momentos em que me senti tão em baixo, mas eles tiveram a sua razão, ainda que não a reconheça ainda. 

Pode não parecer, mas há um timming certo e uma determinada razão para tudo o que acontece, da forma que acontece. A vida nunca será perfeita e resta-nos saber lidar com as situações da forma mais positiva, pois eu acredito que, se nos esforçarmos por ver o lado menos mau e tivermos esperança (e fé), a situação em que nos encontramos melhorará mais depressa, por muito negra que ela seja.

Posts relacionados

18 comentários

  1. Eu penso que parte divertida da vida é mesmo o facto de não ser perfeita, mas sim inesperadas (apesar das desilusões...)
    Boa sorte e vais ver que vai continuar tudo a compor-se :)

    http://thegirlofthebordeauxhat.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. sim, confesso que, apesar de tudo, a vida não teria o mesmo sabor se fosse tudo fácil :)
      obrigada querida! beijinhos *

      Eliminar
  2. Ainda bem que tudo está a correr bem, às vezes é mesmo assim, mesmo coisas que queremos muito quando as temos não acreditamos e não lidamos bem com o choque, então com as coisas más esta reacção aumenta infinitamente, mas "tudo passa, tudo passará", e o que importa é dar importância às coisas simples que nos fazem felizes todos os dias mesmo quando as coisas más nos rodeiam.:)

    beijinhos

    ResponderEliminar
  3. a vida é mesmo assim, feita de altos e baixos... mas temos sempre que pensar positivo! força :)
    beijinhos
    http://pretty-in-plastic.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  4. Marquei-te para um Selo no meu blog :)

    ResponderEliminar
  5. a vida é feita de decisões que podem ou não trazer coisas boas... espero que tudo te corra bem :P

    ResponderEliminar
  6. Há uns meses que te sigo no blog, e sou fã, e só agora é que soube que era da mesma aldeia do que eu !! Ia para mostrar o blog à Celina quando ela me disse quem eras, fiquei tão surpreendida!!! :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ahahah, deve ter sido uma descoberta muito engraçada! :D o mundo é mais pequeno do que pensamos :) já agora, em que parte vives?
      obrigada por me seguires e espero que continues a gostar!
      beijinhos *

      Eliminar
    2. Foi mesmo!
      Eu vivo mesmo ao lado da escola :)
      Obrigada eu , por todos os posts :D
      Beijos*

      Eliminar
  7. Tenho lido cada palavra duas vezes. É uma força. aprendi que esperar é uma virtude e que nada acontece por acaso. Já fui muito impulsiva, tudo deveria ser para ontem, mas sei que se assim fosse tudo teria terminado e que a vida não teria o mesmo significado, aliás os desafios bons ou maus ensinaram me que eu quero ser feliz. E irá acontecer.

    ResponderEliminar
  8. Tenho lido cada palavra duas vezes. É uma força. aprendi que esperar é uma virtude e que nada acontece por acaso. Já fui muito impulsiva, tudo deveria ser para ontem, mas sei que se assim fosse tudo teria terminado e que a vida não teria o mesmo significado, aliás os desafios bons ou maus ensinaram me que eu quero ser feliz. E irá acontecer.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Andrea, fico muito contente por este meu texto te estar a ajudar! Não sei o que estás a passar mas espero que passe em breve e que não te deixe muitas marcas. Desejo-te tudo de bom, beijinhos! :)

      Eliminar

Obrigada pelo teu comentário ♡
{activa a opção 'Notificar-me' para saberes quando respondi}