beleza | Como manter saudável o cabelo pintado

28.2.13 SARA SILVA 9 Comments

Desde que comecei esta "aventura" de ir pintando o cabelo (o que já incluiu descoloração), que tenho notado, através de amigas minhas e outras pessoas com quem contactei, que no universo feminino há um medo geral de pintar o cabelo

Umas têm receio de não gostarem de se ver com a cor, outras acham que é necessária muita manutenção, algumas dizem que a pintura estraga muito o cabelo... e, para acabar com alguns destes mitos e esclarecer quem pensa da mesma forma, decidi escrever este post!


Em primeiro lugar, quando se pinta ou descolora o cabelo, este entra em contacto com produtos químicos que vão alterar o seu normal equilíbrio. Por norma torna-se mais seco e, se não houver um cuidado especial, ele estragar-se-à. Mas este não se trata de um fenómeno à parte: o cabelo também se estraga mesmo sem ter qualquer pintura (pontas secas, falta de brilho, queda de cabelo...), por isso não pensem que apenas a pintura vos traz problemas.

Mudanças que ocorrem no cabelo pintado:

  • O cabelo tende a ficar mais seco;
  • A cor aclara com o passar do tempo;
  • Poderá perder o brilho*;
  • Poderão formar-se nós e haver dificuldade em pentear*;
*isto se não houver um cuidado especial, o qual explico abaixo.


O que fazer para evitar danos no cabelo pintado:

  • Usar produtos próprios para cabelo pintado;
  • Hidratar ao máximo, usando máscaras e/ou séruns de protecção dos fios e da cor;
  • No fundo, o segredo é usar os produtos certos!

Como podem ver neste post, eu pinto o meu cabelo já há vários anos, e tenho aprendido a lidar com ele. O meu cabelo nunca me deu muito trabalho mas, desde que recebe pintura, tive de integrar e substituir alguns produtos na minha rotina de cuidado capilar, de forma a mantê-lo saudável e sem problemas.

Estes são os produtos que uso actualmente e que resultam comigo:


  1. Creme de protecção de cabelos pintados, da BioSeivas: esta é uma marca profissional portuguesa, vendida em cabeleireiros. Como tal, são esperados resultados bons com a sua utilização, e posso dizer que estou tudo menos insatisfeita com este produto!Considero-o o produto-chave no cuidado do meu cabelo pintado, porque é o único profissional que uso e noto muita diferença se não o usar: o cabelo torna-se áspero e sem brilho. Podem dizer que o meu cabelo se tornou viciado neste produto, mas eu acho que não, visto que depois de tanta pintura de cor sobre cor que já levou, é normal que fique nesse estado se eu não usar nada que o proteja.
    No fundo é uma máscara e eu aplico-o em todo o cabelo, 2 a 3 vezes por semana, deixando actuar alguns minutos. Comprei-o no verão passado, tendo-me custado 20€, mas rende imenso - estamos em Fevereiro e ainda nem vai a meio! (no caso de o procurarem, é importante avisar que actualmente a embalagem tem outro aspecto) 
  2. Champô para cabelo pintado, da Pantene Pro-V: já há algum tempo que tenho preferido a Pantene para lavar o meu cabelo, pois sinto que o deixa realmente limpo e hidratado. Sendo assim, quando comecei a usar cabelo pintado, apenas mudei de gama, para a do cabelo pintado. 
    Não consigo dizer ao certo se este produto tem alguma influência na preservação da cor e protecção dos fios, mas acredito que sim, porque é uma marca na qual confio, mas claro que não se podem esperar resultados milagrosos quando usado sozinho. 
  3. Spray de protecção da cor, da Pantene Pro-V: digo o mesmo em relação a este produto que o que disse sobre o champô, a diferença é que este tem uma utilização diferente.
    Aplico-o depois do banho, nos cabelos ainda húmidos, borrifando um pouco por todo o lado mas não na raiz. Noto que o cabelo fica mais suave depois da sua aplicação, e mais fácil de pentear, e intercalo a sua utilização deste produto com a do creme de protecção: num dia o spray, noutro dia o creme.


Como podem ver, eu não uso assim tantos produtos no cabelo, e consigo que ele tenha um aspecto saudável e que não me dê grandes problemas (até agora só fico desiludida com o facto da cor inicial não se manter por muito tempo, mas isso é assunto para outro post). Mas claro que cada caso é um caso e, num cabelo naturalmente seco, o cuidado tem de ser redobrado, assim como no caso de uma descoloração - o cabelo tende a ficar espigado muito mais depressa, além de quebradiço.

Para que o vosso cabelo pintado se torne saudável a todos os níveis, podem ainda usar outros produtos úteis, tais como sérum de protecção da cor, protector solar de cabelos (previne o aclaramento provocado pelo sol), spray protector do calor (se usam placa e/ou secador de cabelo), entre outros. 
Na minha opinião, para conseguirem bons resultados, basta que usem apenas um produto de cuidado profissional que entre em contacto com todo o cabelo (máscara e/ou champô) - o que eu chamo "produto-chave". Os restantes são acessórios.

Também costumam dizer que é importante manter uma alimentação saudável para que o cabelo se torne e/ou continue bonito, mas eu não acho que, em relação ao cabelo pintado, isso tenha grande influência.

Espero ter-vos ajudado a desmistificar algumas dúvidas em relação à pintura do cabelo!
Se estiverem a pensar fazê-lo, falem antes com a vossa cabeleireira, de forma a que ela vos possa informar melhor, de acordo com o vosso tipo de cabelo, e dar algumas dicas.

Quanto a mim, se quiserem que eu responda a alguma questão, podem deixá-la por comentário ou contactar-me via facebook e/ou email! :)


EDIT: a seguidora Gisela Alves relembrou que actualmente já existem, nas grandes superfícies e também em cabeleireiros, colorações sem amoníaco e com ingredientes naturais, que não danificam tanto o cabelo. Logo, as colorações que prejudicam o cabelo a curto prazo têm vindo a desaparecer, para dar lugar a outras com fórmulas melhoradas.

Posts relacionados

9 comentários:

Tanya disse...

Adorei o post :) muito educativo para quem tem medo de pintar o cabelo. Já pintei algumas vezes, e a unica coisa que mudou foi os produtos - comecei a usar para cabelo pintado.
Acho que não se deve ter medo de pintar...não se vai estragar do nada. Já vi cabelos completamente horriveis e danificados sem nunca terem sido pintados, por isso...
E há que arriscar! Como a minha cabeleireira uma vez me disse: se não experimentarmos enquanto somos novas, vamos fazê-lo quando somos velhas? :|

Beijinhos

http://chocopink89.blogspot.pt/2013/02/do-you-want-tee.html

Sx disse...

Tenho que ganhar coragem para pintar!!! grrr

Marisa disse...

Adorei o post!
Acho que tirou me muitos dos meus medos de pintar o cabelo, ate acho que tendo um cabelo oleoso podia torná-lo mais equilibrado; visto que pintar irá secá-lo, nao? Ou irá secá-lo ao ponto de ficar MESMO seco?
Gostaria de saber o que mais aconselhas para iniciar, se pintar em cabeleireira ou em casa, e que tipo de tintas..

Mas continuo com o maior medo: que não me fique bem! Como ultrapassas esse medo? Fazes alguma montagem com a cor que vais usar? lol É que ja experimentei e nao se parecesse nada bem! =)

Sara Silva disse...

obrigada :)
eu também acho que o medo é escusado e é como dizes: há cabelos realmente mal tratados e que nunca receberam qualquer tipo de coloração. tudo depende do cuidado que se tem
beijinhos *

Sara Silva disse...

só custa a primeira vez :)

Sara Silva disse...

ainda bem que pude ajudar :)

quanto às tuas questões:
o meu cabelo também é oleoso e noto que o facto de o pintar controla mais isso, mas não é uma grande mudança, continuo a precisar de o lavar com a mesma regularidade.
para primeira vez aconselho pintar na cabeleireira, para se ter uma noção do processo. mas se tiveres alguém próximo que tenha experiência em pintar em casa, é uma alternativa mais económica.
quanto ao medo da cor não ficar bem, a dica que te dou é começares por cores mais discretas, mais parecidas à tua cor natural. e as tintas que saem com as lavagens são uma excelente opção! normalmente a cor dura cerca de 1 mês. nunca fiz nenhuma montagem porque acho que ficam sempre com um aspecto muito irreal, ahahah

beijinhos e boa sorte! :)

disse...

Eu nunca pintei o cabelo, mas mal comecem a aparece as brancas nem penso 2x :P

http://semjeitonenhum.blogspot.pt

Great post!!!

http://stylearua.blogspot.com.es/

D.Pereira disse...

quando pintava com ele, depois de uns tempos ficava com ele sempre seco... por mais produtos que usasse... a melhor coisa que fiz foi deixar de pintar :x por carradas de coisas na cabeça não é a minha cena...

Obrigada pelo teu comentário ♡
{activa a opção 'Notificar-me' para saberes quando respondi}