reflexão | Blogs 'tóxicos'

by - domingo, janeiro 27, 2013

Já há algum tempo que me tornei mais exigente com os blogs que sigo, avaliando, entre outros aspectos, como me fazem sentir.

Valorizo os que me inspiram, os que me dão novas ideias, os que me fazem sonhar (mas não demasiado alto), os que me fazem reflectir sobre a vida e com os quais me identifico, a vários níveis.
Por outro lado dispenso os que falam constantemente de artigos que não são para o meu bolso, os transparecem uma imagem irreal da vida, os de bloggers que compram roupa com a regularidade de quem vai ao supermercado, que falam maravilhas de produtos quando na verdade foram pagas para dizer o que disseram... chega.

Até há pouco tempo seguia um blog de uma rapariga que, de início, me prendia para ler sempre mais e mais. Achava interessante e engraçado o que ela escrevia, gostava de saber das peripécias da vida dela, mas chegou a uma altura em que tudo isso me começou a parecer demasiado idílico e até ridículo. Coisas que ela fazia chocavam com a minha realidade e, apesar de não ser propositado da parte dela, sempre que lá ia, sentia-me inferiorizada por várias razões. 
Lógico que não gostava dessa sensação e não queria continuar a acompanhar o blog de alguém que, apesar de ser parecida comigo em alguns aspectos, vive noutra dimensão, noutra realidade, e me faz sentir mal por não ser assim também. Decidi então, cortar o mal pela raiz e, apesar de por vezes ver referências dela aí pela blogoesfera, sei que não devo lá voltar.

Esta situação assemelha-se a uma fase da minha vida em que estive rodeada de pessoas "melhores" que eu. Eram minhas colegas de escola e os seus pais eram médicos, advogados, gestores bancários, viviam em grandes casas com piscina e compravam nas lojas nas quais eu nunca entrei. Durante as nossas conversas ao intervalo, por vezes falavam nas calças de 400€ que tinham comprado há uns dias e, no final das aulas, íamos passear por sítios nos quais eu me sentia desenquadrada, principalmente a nível monetário.

A relação entre isto e esse tipo de blogs de que falo acima é muito semelhante: posso gostar do que vejo, mas sinto que isso não faz parte do meu universo e tenho tendência a repelir. Não quero ser mais uma Jenny (do Gossip Girl) e iludir-me com um mundo que não é o meu. Gosto de ter os pés assentes na terra e ser realista, porque é dessa maneira que aprendi a ser feliz com o que tenho e com o pouco que posso ter.

Eu não sou pobre, mas também não sou rica e, comparando com essas pessoas, fui educada de maneira diferente. Não compro coisas só para ter ou para mostrar, não faço colecção de artigos que sei que não vou usar com regularidade, não esbanjo dinheiro num dia menos bom só para me sentir melhor e tento, ao máximo, não comprar coisas de impulso sem analisar muito bem os prós e os contras.

Com tudo isto, decidi parar de acompanhar "blogs tóxicos". Ignoro as grandes it bloggers internacionais e dou preferência a blogs mais humildes, de pessoas reais, que não mostram ser alguém que na verdade não são, que partilham as suas alegrias mas também as suas desgraças, que não me fazem sonhar com um mundo apenas acessível a alguns... no fundo, blogs que pessoas como eu, com as quais me identifico. É mais saudável a nível mental e permite-me continuar a ser fiel a mim própria.

Posts relacionados

46 comentários

  1. Conseguiste colocar em palavras aquilo que eu sinto em relação aos blogs "famosos" e nunca me tinha apercebido. Apenas sigo blogs que sejam super hiper mega bem sucedidos, se me identificar muito com o que vestem (como a Zina do Fashion Vibe, que veste Zara, Blanco, Bershka e mistura com uma peça ou outra mais cara) ou se tiverem fotos maravilhosas (como a Nicole do Gary Pepper Vintage, que usa roupa caríssima, mas que tem fotos tão lindas que não consigo deixar de seguir).
    Todos os outros Andy, Blonde Salad e companhia fazem-me pensar que aquilo é maioritariamente dinheiro (e apenas uma pequena parte talento).

    Tal como tu, gosto de ler sobre pessoas "reais" e vidas "reais", próximas da minha!

    Também não sou rica, não compro tudo o que quero (aliás compro uma ou outra peça por estação quando gosto muito muito muito e são sempre coisas acessíveis, o resto vem de patrocínios), por isso também me identifico por aí! :)

    beijinhos e continua a tecer as tuas opiniões, gosto muito de ler Sara! :)

    P.S. Ah e não te sintas inferior por esse tipo de coisa...são simplesmente vidas diferentes...tu tens certamente coisas que elas não têm...Eu sou da opinião de que muito dinheiro, esse sim, é "tóxico". Como digo muitas vezes "odiaria ganhar o euromilhões" (e estou a ser absolutamente sincera, tanto dinheiro assusta-me!)

    (desculpa o comentário gigante, entusiasmei-me! :$)


    beijinhos, Nádia
    My Fashion Insider

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. não te importes com o tamanho do comentário porque é de comentários assim que eu gosto! :D
      fico contente por te identificares com o que eu escrevi! no início era para ser só um post com 3 linhas mas entusiasmei-me, ahahah
      eu sinto-me inferior durante alguns momentos mas tenho noção que estou a ser parva porque, há coisas muito mais importantes! e tens razão, muito dinheiro pode levar-nos à loucura
      beijinhos e obrigada :D

      Eliminar
  2. Adoro os teus posts, o que escreves, tenho a dizer =P Identifiquei-me imenso com o que disseste, porque sim, os blogs estilo Kenzas e Chiara são fantásticos, mas criam uma fantasia irrealista, uma inveja desnecessaria! Eu continuo a ver alguns porque gosto do conteudo, porque me inspiram a nivel de conjuntos ou de ideias, mas vários deixei de ver exactamente pelas mesmas razoes... Mas o importante é nunca deixares de ser tu mesma, nunca ires abaixo ou te sentires inferior, porque vao haver sempre pessoas com mais e pessoas com menos coisas que nos, temos e de aceitar o bom que nos temos e ser feliz com ele (e claro, sonhar e lutar pelo que queremos!) =)


    www.bitsnpieces.me


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. muito obrigada, querida! é tão bom saber que há alguém deste lado a ler o que eu escrevo :D
      eu sei que sou uma parva em por vezes me sentir inferior, ahahah. mas eu também tenho os meus momentos em que me sinto em baixo e quando visito esse tipo de blogs fico a sentir-me pior... daí chegar à conclusão que o melhor é evitar :)
      quando aos looks desses grandes blogs: sim, eles dão-nos boas ideias! mas muitas vezes, pelo menos na minha opinião, são pouco usáveis no dia-a-dia :s

      Eliminar
  3. Ler esta publicação fez imenso sentido para mim, isto porque, partilho exactamente da mesma opinião que tu.

    O que eu acho de tão extraordinário na blogosfera é aquele sentido de partilha de momentos entre as pessoas e as ligações emocionais que por aqui se criam, ainda que sejam meramente virtuais. Não me agradam as bloggers demasiado voltadas para produtos de beleza e moda (sobretudo, se esses mesmos produtos estão à venda a preços irrisórios): chega a parecer, tal como dizes, que criam um mundo idílico ou que se tentam sobrepôr aos outros ao nível da qualidade de vida.

    A mim interessam-me blogues diários, reais e apaixonantes pela simplicidade que detêm.

    Já acompanho o teu blogue há algum tempo e gosto bastante do género das tuas publicações. Continua assim :')

    Wendy**

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ooh, muito obrigada :'D fico tão contente por ter seguidoras como tu! sem dúvida que é um estímulo para continuar :)
      o problema, na blogoesfera, é que há pessoas que aproveitam para fingir ser quem não são, porque é um universo virtual em que é fácil fingir... mas claro que, ao acompanharmos os blogs, conseguimos perceber, através de pequenos detalhes, como são realmente as pessoas que estão por detrás deles.
      beijinhos *

      Eliminar
  4. Concordo plenamente contigo!
    Sinto-me feliz por o meu grupo de amigas ser unânime neste aspecto. Ninguém é pobre, mas também não somos ricas. Acho que os "blogs "tóxicos" nos deixam em baixo, a sonhar com uma vida que nunca tivemos e que na realidade não nos traria a verdadeira felicidade. Partilho a mesma opinião, fico-me pelos blogs onde as pessoas são mais elas próprias e não aquilo que os outros querem que elas sejam.

    Beijinhos, N

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. eu acho que, realmente, o mais importante é rodearmo-nos de pessoas, reais ou virtuais, que nos fazem sentir bem e que não nos tentam mudar :)
      beijinhos e obrigada!

      Eliminar
  5. é mesmo por isso que continuo a seguir-te, considero-te uma pessoa real e humilde. Esse outro mundo que falas, já me interessou no passado, mas é a tal coisa, ao longo que uma pessoa vai crescendo, vai percebendo outras coisas que não percebia antigamente. Hoje em dia, aqueles blogues principalmente ligados só à moda e cosmética deixaram-me de interessar, pelo simples motivo de se notar que muitos deles são posts comprados, sem opiniões sinceras, singindo-se aquilo que o dono do produto quer...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. sim, eu acho que começamos a aperceber-nos disso à medida que vamos crescendo e vendo que se calhar as coisas não são como parecem. há muita gente que segue cegamente esses grandes blogs e provavelmente fazem o que podem para ser como essas bloggers - comprando as mesmas coisas que elas, nos mesmos sítios - sem pensarem se vale realmente a pena e se isso é benéfico para elas. acho que é importante desenvolver um sentido crítico :)
      beijinhos e obrigada :D

      Eliminar
  6. Bom, eu não ia comentar este post, e por favor não leves a mal o que eu disser aqui, e se quiseres nem publiques o meu comentário, mas a maneira como escreves até parece que sentes que esses blogs existem para te fazerem inferiores. Sinceramente se um blog de uma pessoa que usa - seja porque as marcas lhe enviam, seja porque compra com o seu dinheiro, ganho com o seu trabalho, seja ele como blogger ou outra coisa qualquer - peças de marcas caríssimas te faz sentir inferior e deixar de seguir esses blogs por isso, a mim parece-me que algo de errado se passa, mas não é com essas bloggers, que tal como tu, eu, a Nádia, retratam aquilo que é a sua vida. Se o estilo de vida dessas pessoas te ofende e te inferioriza, se calhar devias pensar se não há algo de errado nesses teus sentimentos, devias pensar porque razão é que te sentes tão inferiorizada ao ponto de nem conseguires visitar esses blogs. Não leves a mal, volto a dizer, mas esses blogs deviam servir apenas como inspiração para looks e não como tábua rasa daquilo que aches que devias ter ou ser...
    http://fashionfauxpas-mintjulep.blogspot.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. eu não vou apagar o teu comentário porque é uma opinião respeitadora :)

      eu não disse que há algo de errado nessas pessoas ou nesses blogs, eu implicitamente disse que o problema sou eu, que não consigo conviver com pessoas assim. eu não tenho nada a ver com a forma como elas escolhem viver a vida delas, o que têm e o que não têm, e até me podia transformar numa seguidora revoltada que faz comentários anónimos a passar a critica-las em todos os pontos de vista, mas eu apenas respeito que elas sejam assim e escolho não as seguir.
      eu também não acho que haja algum problema grave comigo, simplesmente cheguei à conclusão que me sinto melhor comigo própria se não visitar esses espaços, pois assim não caio em tentações que não posso alimentar e não fico a sonhar com determinada mala ou par de sapatos para depois cair na realidade e perceber que não os posso ter. pegando neste universo da moda, isto que eu estou a dizer é tão simples como, por exemplo, ser final do mês e estares com pouco dinheiro, e escolheres não passar uma tarde no shopping pois sabes que lá vais encontrar muitas coisas que gostas mas que, de momento, não podes comprar. se o fizesses, sentir-te-ias desiludida e preferias não o ter feito. tratam-se apenas de escolhas para o que é melhor para nós próprias :)
      beijinhos *

      Eliminar
  7. Este post fez-me chegar até ti, ler tudo tudo tudo até ao fim... de depois seguir-te!
    (:

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. oh, muito obrigada! :) espero que gostes do meu espaço *

      Eliminar
  8. Conheço gente assim. Nunca me dei com essas pessoas na escola se calhar porque nunca fui interessante para elas e, muito sinceramente, elas também nunca foram interessantes para mim. Uma rapariga que já foi da minha turma há imensos anos, está sempre a viajar, em festas sempre com roupas novas e nas tendências e sempre que saio da página do facebook dela, penso que é a minha vida que está abaixo do esperado e desejo estar sempre a viajar e em festas também como ela, que actualiza a sua foto de perfil quase diariamente. Mas depois apercebo-me do quão ridícula estou a ser. Sou como tu, não sou pobre mas também não sou rica (como ela é). A minha vida é muito boa e muito tenho eu comparado com as outras pessoas. Temos que agradecer por aquilo que temos e fazer os nossos próprios objectivos por aquilo que somos e não por aquilo que os outros têm. =)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. isso que escreveste é precisamente o que por vezes também sinto! é ridículo sentirmo-nos assim por causa de outras pessoas, mas no fundo acho que é normal porque toda a gente gostava de ter mais do que o que tem, e quando vemos pessoas que o conseguem, ficamos desiludidas.
      mas o importante é que esse sentimento não se transforme em inveja ou que não nos deixe ir demasiado abaixo!
      beijinhos :D *

      Eliminar
  9. olá Sara, não conhecia o teu blogue e fiquei a gostar imenso! Não costumo visitar esses blogues regularmente, faço-o uma vez ou outra porque me inspiram, por também serem tão afastados da realidade em que vivo fazem-me sonhar! Gostei muito do teu texto e partilho a mesma opinião :)
    beijinho grande*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. obrigada querida, fico muito contente por saber isso :D
      sim, visitar regularmente não faz mal nenhum e os looks, regra geral, inspiram-nos a arriscarmos um pouco mais nos nossos :)
      beijinhos *

      Eliminar
  10. Identifico-me perfeitamente com aquilo que escreveste. São blogues tóxicos sim, não há melhor nome para o descrever, porque é a realidade. São blogs que só causam vicios a quem pode ter esses vícios e até para quem não pode, que é tbm o meu caso. Além do mais, são pessoas que parece que não têm mais nada na vida, não tem outros valores, é só comprar comprar comprar e quanto mais dinheiro gastarem, melhor para elas, melhor elas se sentem. É triste..

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. eu não sei se as bloggers desse tipo de blogs são todas assim como descreves, ou se escolheram dar a conhecer só esse seu lado mais consumista, mas o que importa é que não nos deixemos influenciar a ser assim também :)
      beijinhos *

      Eliminar
  11. Adorei o post! Não digo que deixo de os visitar porque às vezes fazem-me sonhar, mas alguns são tremendamente irreais!

    ResponderEliminar
  12. Parabens Sara! Parabens pelo blog e pela maneira como escreves =)

    Realmente é verdade, tal como há pessoas "tóxicas" que nos fazem sentir mal, que por vezes inconscientemente até mudámos ao pé delas, há blogs que também o são- claro que nunca de maneira tão directa.
    É dificil, ao ler esses blogs, deixar de pensar em como a vida delas é perfeita, vestem-se tao bem, estão sempre a passear... parece que não há 1 dia mau. Acabamos mesmo por, sem querer, nos deslumbrar.
    Falo por mim, a blogosfera tem um senão... em termos de blogs de moda, acho que nos torna mais consumistas. Temos mesmo de não nos deixar influenciar por este mundo e ter controlo sobre nós. Eu ao inicio confesso que fui apanhada nessa "teia" mas depois felizmente cai na realidade. =)
    Temos mesmo de nos saber afastar.

    http://girls-stuff-11.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. muito obrigada, querida :D fico contente por gostares!
      tens toda a razão no que disseste. no início também eu me deixava deslumbrar, mas depois fui aprendendo a distinguir as coisas e acho que isso é o mais importante.
      beijinhos *

      Eliminar
  13. CONCORDO plenamente com o teu post. HÁ muito tempo que deixei de seguir esse género de blogs... porque são irreais e fazem transparecer a ideia de fortuna e que recebem e compram imensas coisas e que são super importantes e IN. Esse género de blogs inerva-me não porque tenho inveja , mas porque acho uma provocação e uma exibição para pessoas normais como nós e com posses reais .. que não podem comprar Gucci ou Kenzo e que se contentam com ZARA e Bershka e somos felizes tal e qual e sobretudo vivemos de acordo com as nossas posses. Mas, apesar disto confesso que há um blogue que sigo, mesmo sabendo que nada se assemelha ao meu estilo de vida, mas sigo porque gosto dela como actriz e tenho curiosidade sobre o dia a dia dela (http://ashley-ringmybell.blogspot.pt/)

    beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. tens razão, Daniela! eu prefiro ler blogs mais reais do que os que mostram um universo de glamour e luxo que apenas me ilude
      beijinhos *

      Eliminar
  14. Para não variar, identifiquei-me bastante com esta maravilhosa opinião. Parabéns pelo que escreveste, espero que faça muitas pessoas reflectir sobre alguns mundos irreais que andam na a blogosfera :)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. obrigada, querida, fico muito contente por saber isso! :)
      esse não era o meu objectivo mas seria bom que algumas pessoas reflectissem sobre este tema, porque sei que há quem seja demasiado influenciado por este tipo de blogs.
      beijinhos *

      Eliminar
  15. Não podia estar mais de acordo, apesar de gostar de dar uma olhadela por blog's mais famosos, para sonhar...acabo por seguir regularmente blog's mais "reais" e que se aproximam mais com o meu estilo de vida, até porque é nesses blog's que posso encontrar coisas que goste que possa comprar ou até mesmo reproduzir...não é a comprar coisas da Dior nem a usar toda a makeup da MAC...
    beijinho*
    http://sosweetsopink.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. sim, é isso mesmo! eu também prefiro ver reviews e looks em blogs que tentam conjugar o bom, barato e bonito :)
      beijinho *

      Eliminar
  16. Disseste tudo! Adoro a maneira como escreves e como, muitas vezes, me identifico contigo :)

    Beijinhos
    http://patrician.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. muito obrigada, Patrícia! é bom saber que te sentes assim em relação ao meu blog :D
      beijinhos *

      Eliminar
  17. Não podia estar mais de acordo contigo. A mim nem é por ser irreal e ilusório, é mesmo porque geralmente as pessoas que dão demasiada importância à moda e ao cuidar do corpo e ao estar bonita são pessoas desinteressantes, a meu ver. Geralmente, porque há sempre excepções!

    Devo dizer que adoro o que escreves, a variedade de temas que abordas no blog. É mesmo um dos meus preferidos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. sim, também há casos desses, mas eu gosto de pensar que essas pessoas não respiram só moda e beleza, que apenas preferem falar só desses temas no seu blog.
      muito obrigada, querida :D é por seguidoras como tu que todos os dias tenho vontade de aqui escrever! :)

      Eliminar
  18. Parabéns por tudo o que escreveste aqui Sara. Não podia estar mais de acordo contigo.
    Evito seguir determinados blogs porque não me fazem sentir bem, são de uma realidade que não conheço nem nunca vivi. Fico feliz que possam ter esse nível de vida, mas ao mesmo tempo pergunto-me até que ponto o meu não é superior ao deles. Tenho limitações monetárias, é certo, mas acho que dou mais valor aquilo que obtenho. Por isso, não te sintas inferior ao ver esses blogs. Somos diferentes apenas. Aliás, somos uma maioria. A vida que esses blogs mostram, não é a vida da maioria das pessoas. E além disso, pessoas que como tu escrevem textos destes e melhores, nunca se deveriam sentir inferiores :)

    beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. muito obrigada pelo teu comentário, foi inspirador :')
      eu só me sinto inferior ás vezes porque sou uma parva, ahahah
      beijinhos!

      Eliminar
  19. Por isso é que gosto do teu blog! :) ^^
    E sim, concordo... prefiro um blog pessoal e realista, do que apenas aqueles que mostram a "parte boa" da vida. Nada é perfeito, PONTO. Existem imensas bloggers que simplesmente não querem transmitir a face "negativa ou menos boa" que tem na vida e respeito, claro. Mas com isto acho que também não deviam mostrar que é sempre tudo colorido e alegre. (não sei se me estou a fazer entender, ou se o que escrevi parece um big mess, anyways, aqui fica a minha opinião :])

    beijinho *

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. oh, obrigada, M :D espero não te desiludir!
      eu percebi, não te preocupes! fico contente por ver que pensas como eu :)
      beijinhos *

      Eliminar
  20. Vim aqui parar graças ao facebook do The Pink Leather Jacket. Não conhecia o blog mas depois de ler este texto decidi que vou ler mais. Mas vou passar ao que interessa:
    Identifiquei-me com o que escreveste, acho que há muita essa tendência de acompanhar blogs que não têm, em nada, a ver com o universo pessoal de cada um. No meu caso, eu, se acompanho blogs que não estão bem de acordo com aquilo que eu vivo/vivi é porque, de uma maneira ou de outra, há coisas lá que me inspiram mas tenho muito aquela tendência de evitar certas publicações que sei que me fariam sentir mal por não terem nada a ver com o meu mundo.
    Também acho que há blogs que se baseiam muito em realidades que são demasiado ficcionais para o comum dos mortais, incluíndo alguns em que chegam mesmo a inventar...mas isso vem muito do carácter de certas pessoas, e isso já é outra história. Mas pronto...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. obrigada querida, espero que gostes do que encontras por aqui :)
      eu compreendo que muitas pessoas sigam esses blogs por admiração da vida praticamente perfeita das bloggers e por inspiração, mas por outro lado acho que isso não é muito saudável...
      também concordo que alguns provavelmente inventam coisas que dizem mas enfim, nunca iremos saber :)
      beijinhos! *

      Eliminar
  21. Olá :)

    Partilharam o teu post no facebook e foi assim que vim aqui parar, e desde já te digo que adorei o que escreveste!
    Eu sou nova no mundo dos blogs, só comecei a seguir no inicio de dezembro, na altura em que criei o meu, e não fazia ideia que havia bloggers a receber dinheiro e peças grátis e isso tudo! Portanto ainda estou a perceber como é que o mundo dos blogs funciona...Mas se há algo que eu primeiramente notei foi no quão assiduas são várias bloggers na compra de roupa! Inclusivé vi uma menina que fez o desafio de "não comprar nada durante um mês" o que me fez muita confusão pois eu sou capaz de passar um ou dois ou mais meses sem comprar nada, portanto não vi bem como é que isso podia ser um desafio...por isso identifico-me e muito quando dizes que blogs de pessoas que comprar roupa como quem vai ao supermercado são "tóxicos"...essa sensação de inferioridade é mesmo má! porque fico a olhar e gostava também de poder ser assim mas não dá! eu tenho que ter bastante cuidado com o dinheiro que gasto e saber quando posso gastar!...não dá pra ter tudo sempre que quero!

    Eu criei o meu blog, o meu cantinho...e ainda estou muito no inicio, há coisas ainda para desenvolver e para crescer e melhorar...
    Espero que gostes!

    Beijinhos

    http://chocopink89.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá!
      fico contente por não te teres arrependido de visitar este meu espaço e de teres lido o texto :)
      sim, o universo dos blogs é uma coisa muito complexa e eu, por vezes, até prefiro ficar um pouco à margem.
      quanto a isso da compra das roupas também é algo que me deixa incrédula! há pessoas que, sem exagero, compram peças de roupa todas as semanas e eu sei que não tenho nada a ver com isso, mas não deixo de ficar admirada...
      por outro lado acho que não te deves martirizar muito com o facto de não seres como elas, porque a abundância por vezes leva a que nos tornemos noutras pessoas
      beijinhos e sucesso com o teu blog! *

      Eliminar
  22. Não conhecia o teu blog, mas tive conhecimento deste post através da partilha do The Pink Leather Jacket. Gostei das tuas palavras foram sinceras, transmitem o que sinto algumas vezes. Eu não tenho nenhum blog, nem muito jeito para as palavras mas gosto de acompanhar a blogosfera e sim não gosto de ter esse sentimento de inferioridade quando sigo algum blog, porque eu como tu tb não fui educada a esbanjar dinheiro por ai. Por isso gosto de acompanhar blogs mais "pequenos" e "simples" por me identificar muito mais, sonhar é bom mas a queda é maior. ;) *

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. estou a ver que essa menina transmitiu uma boa imagem de mim! :D
      concordo com tudo o que dizes, estou a ver que pensamos da mesma forma! :)
      beijinhos e obrigada *

      Eliminar

Obrigada pelo teu comentário ♡
{activa a opção 'Notificar-me' para saberes quando respondi}