reflexão | Anonimato na blogosfera

by - domingo, junho 17, 2012

Ultimamente, apesar de não ter andado muito aqui pelo blog, tenho pensado num assunto que divide muitas pessoas: o ser ou não ser anónimo na blogoesfera, não apenas como comentador/a mas principalmente como blogger.

Em relação aos comentadores anónimos, esses há de dois tipos. Aliás, 3 até:
  1. Há uns que são completamente inofensivos e que fazem comentários perfeitamente normais, mas que apenas assinam como anónimo... por razões desconhecidas.
  2. Há aqueles anónimos que normalmente até são seguidores ou comentadores habituais mas que, num post específico, assumem-se como tal para fazerem comentários com críticas construtivas (leia-se: sem insultar a blogger) e, no fundo, têm receio de sofrerem represálias se revelarem a sua identidade nesse comentário. Nada contra esses também, até compreendo a decisão, porque há pessoas que não aceitam bem as críticas sejam elas de que tipo forem e, desta forma, a sua identidade fica salvaguardada.
  3. E depois há os outros anónimos, que só chateiam e sobre os quais não me vou alongar porque vocês sabem bem como eles são.

Agora sobre as bloggers, que é sobre elas que eu me quero focar neste post:
O mundo da blogosfera, de uma forma muito muito geral, divide-se entre as bloggers que "dão a cara" e as que se mantêm desconhecidas, e tanto uma como outra opção tem as suas vantagens e desvantagens. 
No meu caso, desde início que dei a conhecer o meu nome verdadeiro, fotografias minhas e, durante algum tempo, até a minha página pessoal do facebook. Nada disso me incomodava porque eu queria falar de coisas pessoais e mostrar coisas pessoais, por isso o anonimato não fazia sentido e nunca me passou pela cabeça... até agora.
A questão é que quando eu criei este blog, apenas um número muito reduzido de pessoas que convivem comigo e/ou que me conhecem pessoalmente sabiam da existência dele e eu sentia-me mais confortável assim e preferia que continuasse dessa maneira, mas com o tempo, e quase sem eu poder evitar, ele foi ficando conhecido. Com isto, essas pessoas passaram a conhecer-me e a julgar-me também pelo que aqui escrevo e por algumas vezes cheguei a ser mal interpretada por simplesmente aqui expressar as minhas opiniões de uma forma liberal, que foi para isso também que eu criei o eighteen and a life. Já para não falar do facto de eventualmente ficarem a saber de aspectos da minha vida que eu preferia que desconhecessem (mas em relação a isso eu fui contornando a situação).

Ao mesmo tempo que essas transformações de tipo de visitantes por aqui ocorriam, eu seguia e visitava blogs de autores anónimos e ficava maravilhada com o à vontade deles para falarem de coisas tão íntimas e pessoais. O tipo de coisas das quais eu nunca poderia falar daqui, ou por serem mesmo privadas, "secretas", ou por incluírem outras pessoas que, mesmo cujo nome fosse substituído por A ou B, as pessoas que me conhecem e lêem o blog, iriam perceber, pelo contexto, de quem se tratava. 
E isto deu-me e dá-me que pensar. Até que ponto compensa "dar a cara" num blog? Sem dúvida que há bloggers cujo objectivo é mesmo esse e que é a partir dessa escolha que conseguem fazer com que o blog evolua e se torne mais popular (estou a falar das Fashion e Beauty Bloggers, por exemplo). Por outro lado, existem os/as anónimas, que se sentem bem sendo desconhecidos/as porque podem falar à vontade de coisas que provavelmente não falariam em mais nenhum local ou com mais ninguém (por exemplo, homossexuais que ainda não se assumiram ou que preferem não o fazer). Mas, no meio de todas essas pessoas, acredito que também hajam anónimos que gostariam de se dar a conhecer e bloggers conhecidas que, por vezes, preferiam ser anónimas. 

Uma coisa é certa: "dando a cara", tudo muda e, inevitavelmente, a blogger em causa passa a ser vista e olhada e outra forma, para o bem e para o mal. O segredo está em limitar a quantidade de informação que se passa "para fora", principalmente se esta for de carácter opinativo e crítico, porque nós nunca temos a certeza de quem nos lê e não podemos prever as repercussões que as nossas palavras poderão ter.

*Este post foi escrito sem qualquer tipo de mensagens implícitas ou
discriminação, tratando-se apenas da verbalização de reflexões pessoais.

Posts relacionados

10 comentários

  1. Eu concordo plenamente com o que escreves. Eu por exemplo, deixo o meu nome verdadeiro mas não coloco o apelido. Filtro um pouco a informação que coloco no meu blogue por precaução mas faço-o naturalmente. Não coloco imensas fotografias minhas porque nunca se proporcionou ou foi necessário. Ser anónimo tem vantagens e desvantagens. São opções. Muitas vezes os bloggers começam como anónimos mas acabam por se revelar e confesso que gosto da evolução desse "mistério" :)

    ResponderEliminar
  2. Eu no outro blogue dava a cara e neste não, mas há pessoas que descobriram quem sou mesmo sem eu lhes dizer. E sim, quando há muitas pessoas a conhecerem-nos, temos que filtrar mais o que escrevemos.
    Quanto aos anónimos... Epá, tenho aquele estúpido que me ama ou me inveja, nem sei ahah, mas é-me igual. Dou-lhe resposta por dar e ele que me diga o que quiser. Mas quando começa a atacar amigas, passo-me. Só que ele não dá a cara por nada --'

    ResponderEliminar
  3. S Maria: eu em relação a esse tipo de anónimos acho que o melhor é realmente ignorar. porque quanto mais respondes, mais eles vão ter vontade de responder de volta e torna-se um ciclo vicioso...

    ResponderEliminar
  4. No meu blog (verdinho ainda), nunca usei fotografias minhas, uso o meu nome e apelido e até tenho um apelido que não é muito comum. Mas não é isso que me preocupa...preocupa-me mais o uso indevido das minhas fotografias e daí nunca ter partilhado, nem sei, se alguma vez o vou fazer. Cancelei a minha conta no facebook por uso indevido das minhas fotografias e fiquei um pouco traumatizada com isso. De resto, não tenho qualquer problema em dizer a amigas/amigos/família e até ao meu namorado, que tenho um blog. Até o sabem...gosto de ter o meu espaço, onde posso escrever, partilhar o que me apetece e gosto e quem não gosta, é simples, não vá la mais. ahaha

    beijinho
    http://stuff-by-jo.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. Muito obrigada fofinha!! Fico muito contente por teres gostado!! =D

    Como eu concordo contigo... Ultimamente não tenho tido sorte com os anónimos... Mas pronto, não perco o sono por causa disso. Problemas a sério são os que tenho fora do computador, dentro do computador é tudo relativo! =) Segue-se em frente e pronto! =D

    ResponderEliminar
  6. Esse assunto já me deu que pensar. Já me tem apetecido ser anónima (http://jessi-aleal.blogspot.pt/2012/03/hoje-dava-me-jeito-um-blog-anonimo.html) e mais recentemente, eliminei os comentários anónimos. Felizmente nunca me apareceu nenhum realmente assustador, mas volta e meia havia cada um mais parvo...

    http://jessi-aleal.blogspot.pt/2012/06/tanto-blogue-famoso-por-ai.html

    ResponderEliminar
  7. eu gosto do anonimato, desde que criei o blogue sempre quis ficar anónima, aos poucos vou dizendo alguma coisa mais pessoal, mas tenho sempre cuidado para não mostrar e falar demais.
    não tenho medo de dar a cara por causa de anónimos, é mais porque não quero que as pessoas que me conhecem saibam que eu tenho um blogue. Talvez seja um pouco de vergonha.. mas sei que muita gente me vai julgar e "chatear" e como eu gosto de estar sossegada, prefiro assim.

    Por acaso, no outro dia, uma rapariga da minha turma descobriu o meu blogue, assim do nada.. agora sempre que faço publicações começo a pensar, "aii ela tá a ler que vergonha" ahahahah

    ResponderEliminar
  8. Girls Studio: é verdade, os problemas a serio são fora do blog! boa sorte com isso :)

    Imperatriz Sissi: vou dar uma olhadela nesses posts e comento lá*

    MissTee: identifico-me muito com o que escreveste! também prefiro que não haja muita gente próxima de mima saber da existência do blog porque sei que me iam julgar por coisas que aqui na blogoesfera são super normais, como mostrar as últimas aquisições, por exemplo! vendo do lado de fora acredito que me chamem exibicionista ou coisa do género, LOL. mas pronto, o melhor é esquecermo-nos dessas pessoas e agir normalmente :)

    ResponderEliminar
  9. Muito obrigada pela força, pelo apoio e pelo carinho fofinha!! =D É sempre bom termos pessoas que nos ajudem , sejam pessoas físicas ou virtuais! =D

    Muito obrigada mesmo!!

    Agora vou ao ACT para lá me ajudarem a analisar a situação e a partir daí resolvo o meu problema...

    Vamos ver como corre...

    Muito obrigada mesmo!! =D Beijinho enorme!! =D

    ResponderEliminar

Obrigada pelo teu comentário ♡
{activa a opção 'Notificar-me' para saberes quando respondi}