dica | Preparação para Erasmus - parte 1

by - domingo, junho 24, 2012


Até finalmente chegar o momento de cumprir o meu programa Erasmus, criar dois posts em que vos conto como me comecei a preparar para esta experiência. Desta forma poderei ajudar quem esteja a pensar fazer o mesmo, além de dar a conhecer todas as etapas a quem apenas tiver curiosidade. O que acham? ☺

Aqui estão as fases a cumprir para quem quer fazer Erasmus:

{1}
Tratar das burocracias


Se a vossa universidade dispor de protocolos de Erasmus com universidades estrangeiras, certamente vos irão informar disso alguns meses depois do ano lectivo começar (no meu caso foi enviado um e-mail). Caso contrário, procurem por informações no site da escola ou contactem o departamento respectivo.

Quando tiverem acesso a esses dados, é aconselhado que escolham uma área de estudos semelhante à do curso que estão a frequentar, já que lá fora pode não haver cursos iguais, e assim não perdem matéria importante. Eu estou a estudar 'Comunicação Social e Educação Multimédia' e a oferta mais parecida ao meu curso era qualquer coisa como 'Jornalismo e Informação'. Dentro dessa área, eram apresentadas as escolas com protocolo de Erasmus que dispõem desse mesmo curso (neste caso havia na Polónia, Hungria, Espanha, Itália e Eslovénia).

Depois de escolherem o curso, seguem-se as seguintes etapas:

  1. Preenchimento de um formulário de candidatura ao Programa Erasmus (fornecido pela vossa faculdade e provavelmente online). Nele devem colocar, por preferência, 3 instituições de ensino e cursos, à semelhança do que se faz numa candidatura à universidade;
  2. Aguardar pelo lançamento da lista com todos os candidatos a Erasmus na vossa faculdade; 
  3. Realização de uma reunião/apresentação para dar a conhecer melhor este tipo de experiência;
  4. Divulgação dos alunos escolhidos (a escolha depende da vossa posição na lista de candidatura e do número de pessoas que se candidatou para ir para o mesmo local que vocês);
  5. Inscrição na faculdade estrangeira, junto do gabinete/departamento responsável na vossa faculdade. Aí vos irá ser dito que documentos têm de apresentar, os que deverão preencher, como os preencher, como gerir a questão dos créditos e outros. Eu e as minhas colegas de turma, nesta fase, contactámos uma professora da nossa confiança para nos ajudar a tratar da escolha das disciplinas. 

Não sei se é isto que acontece em todas as universidades, mas acredito que sim. E o que aqui parece um processo rápido, na verdade leva vários meses. Para terem uma noção, a minha inscrição foi feita em Janeiro e só em Junho é que me deram luz verde para avançar com a entrega dos documentos.

Em relação às bolsas: na faculdade onde estudo foi-me dito que a entrega das mesmas depende da quantidade de pessoas que vão de Erasmus e dos alunos que estão "acima de nós" na lista de candidatos. Ou seja, é muito relativo, por isso é melhor informarem-se das condições aplicadas na vossa escola.

ATENÇÃO: se, depois de se candidatarem a Erasmus, estranharem a demora de alguma resposta por parte da vossa escola, não hesitem em contactá-los, caso contrário podem estar a deixar passar os prazos de inscrição.

{2}
 Preparar a ida


Esta é uma fase que vai depender de cada um caso (para onde se inscreveram, quando começam a aulas na universidade estrangeira, o que mais vos é pedido pela vossa universidade...), por isso só posso falar do meu caso como exemplo, e não como regra.

Neste momento estou a aguardar mais informações acerca dos meus estudos lá fora. Já recebi algumas orientações relativamente às residências onde poderei ficar alojada e início e fim das aulas, mas por enquanto é pouco.

Por que as aulas na Polónia só começam em Outubro e estamos agora em junho, tenho muito tempo para me preparar. Decidi passar este verão a trabalhar, de forma a juntar dinheiro para poder estar mais à vontade a estudar lá fora e, além disso, decidi comprar uma máquina fotográfica para poder registar todos os meus momentos de Erasmus (a que eu usava até agora era do meu pai). Ainda terei de fazer o Cartão Europeu de Saúde (muito importante!), entregar outros documentos na escola e comprar o bilhete de ida.

Decidi também começar a familiarizar-me com a língua polaca. Podia fazê-lo inscrevendo-me num curso intensivo da língua (EILC), que é leccionado gratuitamente a alunos de Erasmus um mês antes do começo das aulas, mas optei por não o fazer. Invés disso, recorri ao Livemocha - um site muito bom onde podem aprender qualquer língua gratuitamente, de forma interactiva e divertida.

E porque o post já vai longo, fico-me por aqui em relação aos processos de Erasmus antes da ida propriamente dita! 
Para saberem mais, vejam a parte 2 ☺

Posts relacionados

5 comentários

  1. Também já pensei em fazer Erasmus, mas tenho receio de não me adaptar bem e acabar por deixar os estudos um bocado em segundo plano devido a todas as diferenças culturais, incluído a língua

    ResponderEliminar
  2. @Mundo animal: se souberes falar bem inglês, não há problema! porque em países de língua menos falada (como o caso da Polónia, para onde vou), as aulas são leccionadas em inglês :)
    No caso de deixar os estudos para segundo plano, isso é uma coisa que tens de gerir, mas isso até cá pode acontecer

    ResponderEliminar
  3. Ai que invejaaa.:P espero que tenhas muita sorte e vai contando tudo,:P

    beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Eu admiro a tua coragem, eu não ia porque deixar para trás a mãe e o namorado é uma coisa impensável. Mas que é uma óptima oportunidade, lá isso é, aposto que vais aprender imenso e ter experiências espectaculares. Por isso, boa sorte! :D

    ResponderEliminar
  5. @Bruna FloralToday: também me custa imenso deixar cá o meu namorado, estive mesmo quase a desistir por causa disso, mas por outro lado, esta é uma óptima oportunidade para mim, não posso deixar passar :s e vão ser só 4 meses, passam num instante :)

    ResponderEliminar

Obrigada pelo teu comentário ♡
{activa a opção 'Notificar-me' para saberes quando respondi}