pessoal | Sou uma pessoa de gatos

by - domingo, abril 29, 2012

Eu adoro gatos! Não é que não goste de cães (admito que realmente são os melhores amigos do Homem), mas simplesmente prefiro a companhia dos gatos, muito mais sossegados, elegantes e independentes. E desde pequena me habituei assim, primeiro com os da minha avó, que vivia ao lado de minha casa, e depois com os meus próprios gatos, tratados como réis, sempre mantidos dentro de casa (para evitar guerras com outros gatos, que iam implicar ainda mais idas ao veterinário), alimentados com ração (para que não se atirassem à nossa comida na primeira oportunidade) e muito, muito mimados.

Desde que me lembro, já por cá passaram 7 gatos. Um deles era selvagem, o qual tentámos domesticar em vão; outro era completamente preto, digno de uma bruxa (mas eu nisto não sou supersticiosa e foi um dos melhores gatos que tive); uma teve um final de vida terrivelmente trágico e acidental e, tirando os outros que não me marcaram muito devido às suas curtas estadias, tivemos, há cerca de 6 anos, um casal de gatinhos arraçados de Bosques da Noruega, cujo macho ficou por cá até aos dias de hoje, sendo o meu actual "filho" muito adorado ❤

apanhado a bocejar, ahah
Hoje o meu "bebé" já está bem grande, e foi ontem, quando eu estava a organizar as pastas de fotografias que aqui tenho no pc, que dei de caras com estas preciosidades e fui invadida por uma nostalgia e saudade de ter um gatinho outra vez ❤ mas enquanto ele por cá estiver não posso fazer isso, porque das 2 vezes em que tentei ele ficou tão stressado que teve problemas de saúde graves. Simplesmente está habituado a ser único e não quer ninguém estranho a invadir o seu espaço.
como a vida dele é difícil!
Mas mesmo tendo esta vontade de voltar a ter um bebé (no sentido figurado, claro! credo), eu compreendo que por agora não é possível, e não me importo porque o Filó já está comigo há tanto tempo, esteve "presente" nas várias coisas que mudaram ao longo destes anos e tudo isso o torna ainda mais especial. Só depois de muito tempo conseguiria criar com um gato novo, a ligação que tenho com ele agora *

Posts relacionados

8 comentários

  1. Opah...esse teu gatinho é sem dúvida alguma uma fofura! E compreendo-te quando neste momento apenas o tens a ele e apenas tens essa ligação com ele. Compreendo-te tão bem. Embora eu seja mais uma pessoa de cães, adoro gatinhos :) E deixa-me que te diga que tens aí um mimalho de categoria eheheh E tal como tu, também os meus cães foram educados a comer ração , embora uma vez por outra lá estão eles a comer da nossa comida :)

    ResponderEliminar
  2. Oh, a foto dele a bocejar está tão querida *.* também gosto de cães, mas os gatos são a minha perdição...têm uma personalidade própria, gostam de ser donos do seu nariz e tanto lhes dá para serem meiguinhos e fofinhos como ariscos e anti-sociais...mas adoro-os. E o que mais odeio e me mete impressão são situações de maldade para com eles, ou vê-los abandonados e perdidos. (fico demasiado sentimental no que diz respeito a gatos)
    E o teu Filó é bem bonito e tem um ar imponente :D
    Beijinho*

    ResponderEliminar
  3. hahha, és o oposto de mim eu adoro cães e não sou nada fã de gatos , isto para não falar que me fazem uma alergia terrível.

    Bj!

    ResponderEliminar
  4. Que coisas mais lindaaaas :D Eu também sou definitivamente uma pessoa de gatos, mas antes de ter a minha Sissi não ligava nenhuma...impressionante como uma pessoa muda, quando começa a dar-se com estas coisas fofas :D

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  5. O gato é tão fofo. <3

    ( eu confesso que tenho muito medo de gatos, assustam-me) Mas o teu é tão lindoooo.**

    Obrigada pelo coment.*

    ResponderEliminar
  6. Eu também tenho essa ligação com os gatos,mais do que com cães.tenho uma gata de 6 anos e um labrador de 1 ano,ela sempre foi filha única,a rainha do lar,até nos chama "nomes"(são miados,mas parece que tenta nos ofender xD)e quando o meu cão chegou em casa,ela ficou isolada,ele adoraria brincar com ela,adora correr atrás de gatos,mas só quer brincar com ela, reconhece ela como uma "irmã",mas ela nunca quer vê-lo a frente dela,é capaz até de arranha-lo,mas de resto tem vida de rainha,até sobe em cima do guarda-fatos e fica nos olhando de cima.

    ResponderEliminar

Obrigada pelo teu comentário ♡
{activa a opção 'Notificar-me' para saberes quando respondi}