reflexão | Da vida de estudante

23.1.12 SARA SILVA 5 Comments

Uma das coisas que tenho reparado que veio a mudar com a minha entrada na universidade é, sem dúvida, o meu esquecimento (pronto, tem outros nomes mas este foi o mais soft que encontrei). Com tantas coisas para memorizar, para fazer e para lembrar, algumas ficam inevitavelmente esquecidas, pelo menos até ao dia seguinte, até eu me confrontar com a desastrosa notícia que de afinal havia qualquer coisa que eu devia ter feito, mas da qual nunca mais me lembrei.

E isto vem em jeito de desabafo hilariante (para mim e para os que me conhecem) porque eu sempre fui aquela aluna da turma a quem toda a gente pergunta o que são os TPC, o que sai no teste, o que é para fazer no trabalho e muitas mais informações deste género tão relevantes que normalmente só os nerd conseguem fixar. Eu sempre fui assim mas este ano o papel inverteu-se. Não porque me desleixo nem porque me sento à sombra da bananeira à espera que as coisas se façam sozinhas, mas sim porque ainda me estou a tentar adaptar ao ritmo alucinante que é o da universidade. Eu venho de um curso profissional e, apesar de em termos de educação e formação ter sido muito bom, tenho sentido que me faltam bases e que alguns aspectos foram muito facilitados e, em conclusão, eu fiquei mal habituada. Estou a falar, por exemplo, do simples facto de as professoras nos darem várias aulas para fazermos os trabalhos da disciplina, nas quais havia sempre esclarecimentos presenciais das nossas dúvidas e dificuldades, e ainda tempo de sobra até para jogar no Facebook. Pois bem, esses tempos são agora uma miragem porque neste grau de ensino predomina a técnica do "desenrasca-te"! Mas pronto, eu não me estou a queixar, até porque se o nível de exigência fosse igual, não poderíamos melhorar, e o mercado de hoje procura pessoas que saibam fazer muito e bem, no menor tempo possível. 

E neste novo semestre vou voltar com uma postura diferente e um objectivo redefinido: ser mais dedicada e empenhada. Confesso que não o fui, principalmente com a pressa de tentar fazer tudo dentro dos prazos estipulados, o que não me permitiu dedicar-me ao máximo em cada um dos trabalhos, mas para me ajudar a recomeçar melhor, já tenho um trunfo na manga que decerto me dará muito jeito: o estatuto de trabalhadora-estudante, conseguido com o devido mérito! Porque isto de conciliar estudos e trabalho não é fácil, mas também ninguém disse que o era...
E venha ele, o último semestre deste primeiro ano do curso! Que passe tão depressa como o que agora terminou, que eu não vejo a hora de já ter o curso feito!

Posts relacionados

5 comentários:

*Lili* disse...

Eu confesso que também tive um primeira ano complicado...Na verdade devo dizer que o facto de exigir mais de mim no 2º semestre foi o que me arruinou e também foi no 2º semestre que consegui um estatuto de trabalhador-estudante. E penso que foi devido a essa decisão que ficou tudo arruinado. Simplesmente não estava preparada para tudo... Neste momento já pensei duas vezes e a verdade é que não se consegue fazer tudo ao mesmo tempo. Vai por mim e consegue o máximo de opiniões possíveis a respeito desse estatuto! Pois não é fácil querida...já a faculdade em si não é e mais complicado se torna com trabalho à mistura. Não é impossível, mas ficas de tal forma sobrecarregada que desespera e isso...isso sim leva-te à "ruína" . Pensa bem no que vais fazer e acima de tudo não tomes a decisão de ânimo leve :) tens de ter a certeza de que é o melhor para ti :)
Vai dando noticias ;D

Nani disse...

Mal tu sabes que não vais conseguir melhorar... :p haha
Vou para o último semestre do meu curso e acredita: todos nós prometemos que vamos dedicar mais tempo, e vai ser diferente, e não vão haver directas e mais directas! Naaaaa, desenganem-se, não vai acontecer! É esta a essência! :D Não quer dizer que sou baldas, até porque eu sou a menina que sabe quando há freqs, trabalhos, as horas, e bla bla bla... Mas no meio do caos que são os finais de semestre, até eu me desoriento!

Ahhhh e daqui a uns anos falamos dessa ansiedade para acabar o curso! ;/ Aproveita mas é! Ainda ontem eu era caloira... Agora, sou finalista!

Beijinho, e boa sorte**
Calma com isso, tudo se faz, acredita!

Miss Bad disse...

Honey, é por isso que até rapazes usam agenda na faculdade usam agenda ahah :))
O meu primeiro ano também foi um pouco mau academicamente: muito geral para o que queria, notas baixas...estou a pagar a factura disso claro, mas sei que fiz o melhor que pude e notas daquelas hoje nem vê-las : ))

http://thediariesofmissbad.blogspot.com/

*Lili* disse...

Oh que eu quis dizer com o meu comentário Sarinha, é que após estares empenhada no teu trabalho acabas por te distrair dos estudos...e o empenho que dedicas-te no inicio do ano começa a desvanecer...isto porque começas a gostar mais do teu trabalho do que de estudar :/ foi o que me aconteceu...
Felizmente este ano a coisa está a correr melhorsinha, mas definitivamente a passos pequeninos :)
Não é impossível querida. Apenas tens de te dedicar de igual forma quer para o trabalho quer para o curso e aí é um bocadinho difícil, porque tens de ter o dobro da atenção, do empenho, de dedicação...Mas claro que tem as suas vantagens :) também tive...aumentou a minha cultura significativamente a nível de currículo e capacidades por isso nesse aspecto acho que deves continuar. Mas apenas não te podes descuidar dos estudos, acima de tudo isso querida*

Sara Patrícia disse...

também entrei este ano para a faculdade, vim habituada de um curso profissional, porém bastante exigente do que os outros que conheço.
De qualquer das formas, é realmente alucinante a quantidade de coisas que temos para fazer. O meu erro neste semestre foi deixar tudo para a ultima. Já percebi que quando há um trabalho para entregar no mês que vem é para começar a ser feito no dia em que é marcado xD
Também já me prometi a mim mesma que no 2º semestre é que vai ser, mas toda a gente me diz que vai ser é igual ao primeiro xD

Boa sorte!! beijinho

Obrigada pelo teu comentário ♡
{activa a opção 'Notificar-me' para saberes quando respondi}