reflexão | Sem paciência

26.10.11 SARA SILVA 3 Comments

Hoje é Quarta-Feira dia 26 de Outubro, oficializado Dia do Caloiro, não sei se a nível nacional mas por Leiria sim. Sendo assim, é feriado para mim e vou ficar por casa a descansar e a pôr a vida em ordem porque, sendo caloira, não tenho aulas mas também não vou/não fui à praxe nem baptismo (declarei-me anti-praxe quase no início).

A noite de hoje foi passada a sonhar com um trabalho que tenho para fazer. Como uma amiga minha tem dito, estamos a dar em loucas. O que aconteceu foi que logo na segunda semana de aulas, foram-nos dados 3 trabalhos para apresentar na semana seguinte e isto, como seria de prever, foi extremamente stressante, falo por mim, não estava nada à espera que as coisas começassem assim. Um desses trabalhos, o individual, revelou-se uma desilusão tão grande que perturbou o meu orgulho e mexeu um bocado com a minha previsão de sucesso no curso, pelo simples facto de eu ser completamente contra com o ideal daquela professora em específico que acha que TEMOS de nos guiar pelos livros de autores reconhecidos na área para fazer os trabalhos, invés de sermos autónomos e pensarmos por nós próprios. Simplesmente não aceito isto, eu gosto de fazer as coisas à minha maneira e, até agora, tenho-me dado bem. Eu vou resistir a este método de trabalho e provavelmente até me vou dar mal, mas eu sou assim e, do meu ponto de vista, não faz sentido nenhum termos de fazer um trabalho inteiro citando autores e não a expressarmo-nos com as nossas próprias palavras. Mas pronto, no fim pode ser que aconteça como o velho ditado diz: água mole em pedra dura, tanto bate até que fura.

Mudando de assunto, vamos ao significado do título  do post: eu ando sem paciência. Pronto, também não ando aqui no limite da minha sanidade mental, coisa que me dê para bater em quem me tirar do sério, é sim uma falta de paciência, maioritariamente acompanhada por uma atitude de conformidade e tristeza. O que se passa é que eu tinha um hobbie que era muito importante para mim, era algo que trazia alegria aos meus dias e semanas, fazia-me acreditar, sentir-me especial e capaz. Eu era "modelo" (ok, se calhar ainda sou, mas já não é a mesma coisa) e desde os meus 14 anos que já fiz várias coisas, nada que me lançasse para o estrelato, mas sim pequenas conquistas que me deixavam feliz e me faziam acreditar que estava a progredir e que em breve ia chegar o dia em que ia ser verdadeiramente recompensada, e não estou a falar de fama, mas sim em reconhecimento a nível profissional de uma forma mais discreta, nomeadamente começar a ser bem paga pelo que faço. As coisas estavam a correr bem até este verão, eu achava que realmente estava num bom caminho e que ia começar a ser mais valorizada, mas desde então têm acontecido várias coisas que, a pouco e pouco, me foram deixando desmotivada, que me fizeram olhar para isto de uma maneira mais realista e que me mataram o "sonho". E eu estou triste, não só porque foram anos a acreditar e a apostar em mim, mas também pelo dinheiro que foi gasto pelos meus pais, dinheiro esse que nunca chegou a ser retribuído na totalidade através dos trabalhos que eu fui fazendo. É de lamentar como um conjunto de situações acaba com as minhas esperanças e me deita abaixo desta maneira, não no sentido de deixar de acreditar em mim mas sim no sentido de deixar de acreditar nesta área/agência e no meu possível sucesso nela.
Eu sei que isto era só um hobbie, eu não fazia disto a minha vida, principalmente para não me subir à cabeça, mas eu sinto falta de uma distracção que me alegre e me faça sentir especial e não vejo alternativas...

Infelizmente, esta desmotivação face ao universo da moda tem-se vindo a reflectir nos meus hábitos e interesses: eu continuo a preocupar-me com a minha imagem mas é só isso, já não sinto vontade de fazer posts relacionados com o tema, de ler acerca disso, de visitar blogs de moda e beleza... simplesmente sinto-me mais "individual" neste universo dos blogs e, neste momento, não vos consigo dizer se é uma coisa temporária ou definitiva.
De qualquer forma, eu vou continuar com a minha vida, dedicar-me o melhor que conseguir às minhas prioridades e acredito que em breve, hei-de encontrar soluções :)

Posts relacionados

3 comentários:

Any =D disse...

Estás em que curso? Eu não sou de Leiria mesmo, mas sou do Distrito de Leiria e estudo em Coimbra, mas muitas amigas minhas estudam em Leiria e são também caloiras :)

Sara Silva disse...

Olá Any!
Eu estou a estudar Comunicação Social e Educação Multimédia na ESECS, em Leiria :)
eu também não sou mesmo de Leiria, vivo a cerca de 15km *

Any =D disse...

Hum as minhas amigas estudam Terapia da Fala, Fisioterapia e Gestão no IPL :)

Obrigada pelo teu comentário ♡
{activa a opção 'Notificar-me' para saberes quando respondi}